domingo, 18 de outubro de 2009

Obra de ficção...Ficção?


Graça e Paz, irmãos, recebi este e-mail hoje... Quero compartilhar com os amados, como alerta. Fazendo a ressalva que sei que NUNCA o diabo falará a verdade, a não ser na presença do Senhor, todavia é um texto a se pensar...
Deus abra os olhos da Sua Igreja!
Shalom!

CONFISSÕES DE LUCIFER...

Vale e pena investir alguns minutos na leitura até o final e depois meditarem a respeito...

Depois de passar 6.000 anos vagueando pela Terra, aprendi muito da natureza humana, suas fraquezas, virtudes e seus desejos mais secretos.

Tenho consciência que minha causa foi derrotada, entretanto estou trabalhando freneticamente para levar ao destino que me aguarda o maior número possível de pessoas, pois sei que pouco tempo me resta [1].

Não é fácil a vida de um adversário do Todo Poderoso, principalmente porque Ele conta com um exército fiel espalhado pelo mundo inteiro que com suas orações produzem uma reviravolta em todo mal que intento. Felizmente são poucos os que oram de verdade, porque a maioria está mais preocupada consigo mesma, outros começam bem, me incomodam, mas logo desistem, pois não têm perseverança.

Fico admirado com o fascínio que exerço sobre alguns crentes, que falam mais de mim que de Deus. Rio muito quando eles tentam me amarrar, e dizem que naquela cidade eu não entro mais. Pois acaba a oração e eu continuo fazendo as mesmas estripulias. O que esses cristãos não entendem é que não devem lutar contra mim, mas buscar Aquele que tem mais poder que eu.

Quando eu quase destruí a vida de Jó, ele não me dirigiu uma palavra sequer, mas dizia o tempo todo que sua causa estava diante de Deus, e que o seu Redentor vive. Quando humilhei Paulo colocando-lhe um espinho na carne, ele não tentou me acorrentar, mas apresentou sua fraqueza a Deus, que lhe deu vitória. Sinceramente, com gente assim não dá pra lutar.

Tenho prazer especial em atormentar esses que ficam preocupados comigo o dia todo. Eles dizem que me vêem em todos os lugares, até onde eu nem estou.... é muito engraçado. Com tais eu nem me previno, pois sei que são cristãos inseguros da fé que dizem possuir. Eles fazem parte daquele grupo que faz uma boa propaganda de mim, pois julgam que possuo muito mais poder do que realmente tenho e afirmam que fiz coisas das quais nada tive a ver.

Na verdade, eu sou um pobre diabo, condenado e derrotado, mas da forma que falam, é como seu fosse onisciente e onipotente. Será que eles não sabem que eu não posso fazer absolutamente nada sem a permissão do Todo Poderoso? Ah, se não fosse por Ele.... mas, tudo bem, a propaganda é a alma do negócio.

Sou constantemente acusado de tirar muita gente da igreja. É mentira! Eles saem por que são levados pelos seus próprios interesses. Não fui eu quem instigou o filho pródigo a sair da casa do pai [2] e Demas abandonou o apóstolo Paulo porque amou mais o mundo do que a Deus [3].

Não tenho pretensão de tirar ninguém da igreja, pelo contrário. Quero deixá-los lá, pois farei de tudo para que sejam frios, apáticos, que fiquem brigando entre si por bobagem, que se dividam, e façam panelinhas entre eles. No que depender de mim farei com que tenham uma vida tão miserável, que quando forem evangelizar ninguém vai querer ter uma vida igual a deles. Outra estratégia que uso muito é a de fazer com que os valores da igreja se pareçam cada vez mais com o mundo, pois assim quando as pessoas passarem a freqüentá-la, elas não precisarão mudar nada, e continuarão fazendo as mesmas coisas de antes. Não é genial?

Adoro soprar mentiras nos ouvidos das pessoas, afinal quero fazer jus ao meu nome de "pai da mentira". É, eu digo-lhes que são como gafanhotos e eles acreditam, digo-lhes que são uns derrotados e eles nem se levantam da cama, digo-lhes que Deus não os perdoou por tal e tal pecado e eles ficam cheios de culpa.

Confesso também que sinto um enorme prazer em oprimir aqueles que se recusam a perdoar ao seu irmão, pois recebi carta branca do Todo Poderoso para atormentá-los com toda sorte de espíritos malignos [4], dos quais eu sou o principal. E não ponham a culpa em mim, pois só posso fazer isso se o cristão recusar a liberar perdão, pois quando ele perdoa é horrível a sensação de paz daquele coração, e eu saio correndo dali.

Acho muito engraçado quando usam sal grosso e oração forte contra mim. Nem ligo.

Agora, o que eu temo mesmo é uma vida santificada. Contra um crente santificado, fiel e que tem a Palavra guardada no coração, desse eu fujo [5].

Como minha hora se aproxima eu estou trabalhando num projeto grandioso para este século. É uma estratégia tão ardilosa que são poucos os que a percebem. Todos buscam uma divindade para adorar, por isso eu estou dando "Deus" de todos os tipos e para todos os gostos. Eu estou enchendo o mundo de "Deus" para que eles fiquem tão confundidos que não saibam quem é o verdadeiro. Cada um pode ter o seu, do jeito que quiser. Vocês não imaginam como o povo gosta dessas novidades. Tenho queimado as pestanas inventando sacrifícios, novos rituais, e tenho levantado líderes que falam muito de
Jesus, mas são meus súditos. Adoro soprar ventos de doutrinas porque os meninos na fé acreditam em tudo.

O meu objetivo com isso? Confundi-los e fazê-los imaginar que estão servindo a Deus. Agora, eu não aceito levar a culpa de tudo sozinho - eu só dou o que eles querem. Eles gostam do brilho, eles buscam glória pra si, eles crêem em todas as formas de misticismo, e eu nunca imaginei que esse povo gostasse tanto de ídolos. Séculos atrás lhes dei um bezerro de ouro,
mas agora eles querem ídolos que cantam, que pregam, que profetizam.. ..

Muitos falam que eu sou feio, e até pintam quadros horríveis dizendo que eu tenho chifres, pêlos e cara de bode. Desde a minha criação sou muito vaidoso e jamais aceitaria ser desta forma. Se vocês ouvissem aquele tal apóstolo Paulo saberiam como eu sou de verdade - sempre fui um anjo de luz, fala mansa, voz agradável, boa aparência e muito convincente [6].
Felizmente são poucos os que me reconhecem.

Para terminar, eu quero dizer a todos que não sou ateu ou agnóstico. Eu creio e tremo diante de Deus [7].

Mas eu não consigo, não consigo me submeter. Submissão significa obediência, e eu não quero ser servo. Aliás, tem muita gente indo comigo que também crê em Deus, pratica seus atos religiosos, freqüenta igreja, e é dessa mesma opinião.

Pr. Daniel Rocha
Pastor da Igreja Metodista e psicólogo

Notas (*referências bíblicas*):
[1] Ap 12.12
[2] Lc 15.12
[3] 2Tm 4.10
[4] Mt 18.34-35
[5] Tg 4.7
[6] 2Co 11.14
[7]Tg 2.19



"... para que experimenteis qual seja a BOA, AGRADÁVEL e PERFEITA vontade de Deus"

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

ORAÇÃO POR MEU BLOG





Êxodo 34:14 Porque não te inclinarás diante de outro deus; pois o nome do SENHOR é Zeloso; é um Deus zeloso.

Salmos 33:12 ¶ Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o SENHOR, e o povo ao qual escolheu para sua herança.


Neste momento em que escrevo este texto, há exatos 13 minutos muitos fogos ecoam nesta cidade em honra a um pedaço de madeira encontrado em um rio há séculos!
Sobe em meu coração um misto de indignação (além de ser abominação aos olhos de Deus, este dinheiro todo poderia ser dado em forma de comida aos pobres os em apoio às pessoas que perderam tudo na favela que pegou fogo em SP ontem), tristesa (se eu fico triste em ver tantos serem usados como "massa de manobra" imagino como o Senhor se entristesse ao ver que trocam a adoração ao SEU FILHO por um ídolo vão) e temor do Senhor (pois tudo isto tem subido até o trono de Deus e ELE irá julgar todas as coisas num tempo que está muito próximo)...

Ditas estas palavras, passo ao motivo pelo qual sentei para escrever.
Quero escrever uma oração pelo meu Blog, aproveitando a inspiração que chega rápido e se não colocar no papel (quer dizer, computador) ela logo se vai e não volta nunca mais.

ORAÇÃO PELO MEU BLOG

Senhor,
muito obrigada pelos dons que Tu me deste,
dentre eles o dom de escrever.
Muito obrigada pelo tempo e condições
que o Senhor me deu de estudar
durante toda minha vida,
muitas vezes passando por tantas dificuldades e chorando pelo caminho...
Muito obrigada, Senhor pela Internet
e por ter tirado de mim o preconceito,
a prevenção que eu tinha contra este instrumento
que "SE" em boas mãos e mentes
é uma arma poderosa para o BEM e a EDIFICAÇÃO.
Senhor,
me ajude a escrever somente o que o Teu Espírito quer
sendo sensível cada dia mais à Tua voz
que é mansa e suave,
mas que também se indigna
contra os vendilhões do templo dos dias de hoje.
Senhor,
não me deixe ser acusadora de meus irmãos,
mas que eu seja um instrumento da Tua vontade
usando a visão de águia que Tu me deste
para como atalaia alertar meus irmãos
dos perigos sutis desta vida.
Senhor,
não me deixe cair na tentação,
de achar que sou alguém imune a tombos e escorregões,
pois o Senhor mesmo falou que;
"aquele que PENSA estar de pé
veja pra que não caia"
(1 Coríntios 10:12 )
Por isso Senhor, eu peço que dê ordens aos seus anjos
para me livrar de todo mal.
Senhor,
usa-me para denunciar o mal, exortar consolar e edificar meus irmãos que passam pelos mesmos sofrimentos
aqui nesta terra.
Senhor,
não imagino o alcance deste Blog - Tu o sabes -
mas aonde estiver alguém precisando do Teu amor,
da Tua graça, do Teu perdão, da Tua alegria,
da Tua paz, que possa encontrar neste Blog
um lenitivo para sua alma,
e não somente uma leitura a mais, um conhecimento a mais,
pois o mundo está com excesso de informações...
E para terminar,
Senhor,
dá-me mais de Teu amor e perdão por aqueles
que criticam, julgam e interpretam mal minhas palavras,
assim como o Senhor deu para Teu FILHO
quando Ele estava no madeiro entre o céu e a terra
levando em si as mazelas de toda humanidade.
Senhor,
faz de meu Blog um instrumento do teu amor e vontade.
Em nome de Jesus,
Amém

domingo, 11 de outubro de 2009

CHAVÕES







Frases (evangélicas?) que não agüento mais (5)



Por Ricardo Gondim


1. Infelizmente ele preferiu morrer sem salvação do que voltar pra nossa igreja.

2. O diabo tentou impedir que você viesse aqui nesta noite, porque ele sabia que você seria revelado.

3. Eu tinha preparado uma mensagem, porém o Espírito Santo quer que eu pregue sobre santidade (... E dê-lhe regrinhas!).

4. Deus confirmou a mensagem desta noite enquanto a irmã cantava aquele hino.

5. Dê o melhor que você tem Deus não quer troco de ônibus.

6. Tire a melhor nota que você tem e ofereça o melhor sacrifício ao Senhor.

7. Tive uma visão que no estacionamento da igreja só tinha carro zero km. (Acho que ele confundiu a igreja com a concessionária ao lado).

8. Minha teologia é joelho no chão!!!(Essa teologia é no mínimo esquisita).

9. Deus conhece a sinceridade do meu coração! Eu preciso da sua ajuda para manter este programa no ar e o número da conta é... (Sim, eu sei que Deus conhece tudo. Eu é que estou com alguma suspeita).

10. Se você sair de férias e não deixar o cheque do dízimo vai dar tudo errado na sua viagem. (E agora? Esqueci! Deve ser esse o motivo porque furou o pneu do carro).

11. Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. (Há muitos pastores repetentes nessa escola de capacitação).

12. Não toque contra o ungido do Senhor. (Chavãozinho para proteger os líderes inseguros).

13. Não diga a Deus que seu problema é grande; diga ao seu problema que o seu Deus é grande. (Poesia de quinta categoria)

14. Você é a menina dos olhos de Deus [com remela?]

15. Aqui é uma igreja diferente (Sério? Então tá].

16. Se vocês confiam em nós, pastores, para trazer a palavra de Deus, devem confiar na nossa administração das ofertas. Não precisamos prestar contas a ninguém, só a Deus [Hummm. Acontece que a palavra foi fraquinha).

17. Chega de esperar; hoje o seu milagre vai chegar (Posso reclamar no Procon?).

18. Plante sua semente que você vai colher a cento por um (Pequenas igrejas, grandes negócios).

19. Deus sabe de todas as coisas (Que clichê cruel, na hora que não tem respostas para uma questão).

20. Comunico o falecimento do irmão Fulano. Infelizmente, perdemos um bom dizimista (A família enlutada agradece pelo gesto de solidariedade...).

21. Depois do culto, compre meus livros e CDs de mensagens. Vão abençoar o ministério infantil que cuido. Tenho quatro filhos (Se a piada é sem graça, imagine a mensagem dos Cds e livros.).

22. Olhe para o irmão do lado e diga "você está bonito hoje" (Por que tenho que fazer esse tipo de coisa? Logo eu que sou gaúcho?).

23. Tem gente que lê muito e só cresce em sabedoria humana. O importante é o conhecimento de Deus ["conhessimento" com dois "esses", provavelmente...]


***
Fonte: Editado em blocos do original de Ricardo Gondim

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Se podes...

14 ¶ E, quando se aproximou dos discípulos, viu ao redor deles grande multidão, e alguns escribas que disputavam com eles.
15 E logo toda a multidão, vendo-o, ficou espantada e, correndo para ele, o saudaram.
16 E perguntou aos escribas: Que é que discutis com eles?
17 E um da multidão, respondendo, disse: Mestre, trouxe-te o meu filho, que tem um espírito mudo;
18 E este, onde quer que o apanha, despedaça-o, e ele espuma, e range os dentes, e vai definhando; e eu disse aos teus discípulos que o expulsassem, e não puderam.
19 E ele, respondendo-lhes, disse: O geração incrédula! até quando estarei convosco? Até quando vos sofrerei ainda? Trazei-mo.
20 E trouxeram-lho; e quando ele o viu, logo o espírito o agitou com violência, e, caindo o endemoninhado por terra, revolvia-se, escumando.
21 E perguntou ao pai dele: Quanto tempo há que lhe sucede isto? E ele disse-lhe: Desde a infância.
22 E muitas vezes o tem lançado no fogo, e na água, para o destruir; mas, se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós, e ajuda-nos.
23 E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê.
24 E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! ajuda a minha incredulidade.
25 E Jesus, vendo que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai dele, e não entres mais nele.
26 E ele, clamando, e agitando-o com violência, saiu; e ficou o menino como morto, de tal maneira que muitos diziam que estava morto.
27 Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou.
28 E, quando entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram à parte: Por que o não pudemos nós expulsar?
29 E disse-lhes: Esta casta não pode sair com coisa alguma, a não ser com oração e jejum.

Esta é uma das passagens bíblicas que mais gosto!
Enquanto hoje muitos líderes colocam "peso" nas pessoas por sua pouca ou falta de fé. Jesus não criticou o homem, criticou Seus discípulos.
Para o homem com pouca fé Jeus teve palavras doces e de muita compreensão. Mas para com Seus discípulos (alunos) foram palavras de exortação e ensino.
Tenho me preocupado com os líderes de hoje (e creio que Jesus muito mais que eu) que fazem a obra de Deus sem jejum e oração. Falam muito, mas não se vê frutos que permaneçam!
Tenhamos cuidado então em não envergonharmos nosso Mestre com criancices principalmente na área de libertação que é tão séria.
São vidas preciosas com ou sem fé! E nós, líderes, daremos conta a Deus de cada uma... E só para lembrar EM TUDO A GLÓRIA É DELE, POIS SEM ELE NADA PODEMOS FAZER!
E sendo bem transparentes, qual de nós, cristãos "mais preparados", já não nos vimos em momentos em que nossa fé chega a um ponto que precisamos urgentemente da FÉ DE DEUS senão pereceríamos?

Soli Deo Glória!