domingo, 15 de maio de 2011

MENINO OU MENINA?



Há "séculus seculorum" que um médico obstetra após retirar um bebê de dentro da barriga de sua mãe durante o parto, fala a célebre frase:
"É um menino!"
ou
"É uma menina!"
Você já viu um médico parado, pensando,na dúvida, imaginando se é um bebê homossexual? A cena seria cômica se não fosse um caso tão sério que envolve a família, a sociedade, o país e sua imagem lá fora, a Constituição, a religiosidade, a juriscidade, a moral, a psiquê das futuras gerações, etc. etc. etc.
Casos de hermafrodita (pessoas com os dois sexos) são raríssimos, sendo a probabilidade de 1 para 2000 bebês.
Então o que passa disso vem da educação em casa, pai omisso / mãe opressora (ou vice-versa), exaltação da mídia como algo normal e bom, sem esquecer o maligno (que veio pra matar, roubar e destruir inclusive a moral e dignidade do ser humano, criado à imagem e semelhança de Deus).
Amamos os homossexuais, sem chavão - de verdade, mas queremos que TODOS seres vivos se salvem da ira vindoura. Para com os que não crêem nas palavras do próprio Deus.
Oramos para que o senhor abra o entendimento de cada um, assim como um dia nos alcançou.
Soli Deo Glória

Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea.Marcos 10:6
Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.Romanos 1:25
Na verdade a terra está contaminada por causa dos seus moradores; porquanto têm transgredido as leis, mudado os estatutos, e quebrado a aliança eterna.Isaías 24:5
Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.Romanos 1:25
Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;Levítico 18:22
Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.1 Coríntios 6:10

Nenhum comentário:

Postar um comentário