terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Verdades do ano novo...

http://youtu.be/CgLkWT246qU Não querendo ser pessimista nem negativa... O Face, e todos os lugares estão repletos de mensagens otimistas, positivas, idealistas e românticas para o novo ano que se inicia. E isto é muito bom, saudável, motivador e importante; pensar e desejar de coração sempre o MELHOR para nós e para os outros, principalmente para quem amamos. Mas... E nesta vida terrena sempre haverá um mas... Não podemos ser os alienados sem bebida alcoólica ou drogas e esquecer que estamos nos “últimos dias” aos quais JESUS se referiu. Todos os sinais que ELE mencionou já se cumpriram! Para DEUS, o criador do Universo, da física quântica e de cada ser vivo na Terra, não existe esta nossa contagem de tempo... Horas, minutos, segundos, dias, semanas, meses, anos, décadas... para ELE é tudo parte de uma ETERNIDADE que começou literalmente no Gênesis (para nós) e desde sempre (para ELE)! É claro que como PAI ele compreende a medida de Fé e entendimento de cada um de seus filhos e não os condena por comemorar a “virada de um ano”. Se bem que alguns extrapolam e ou colocam sua fé fora da Graça abençoadora do verdadeiro Deus se ligando a coisas materiais ou fazem de tudo para esquecer o que passou de maneira ilícita aos olhos dEle. O que O entristece muito! Escrevo este texto alertando para que em suas METAS de “virada de ano” inclua principalmente: 1º Conhecer mais e melhor a Deus, 2º Ter mais intensa e profunda comunhão com JESUS, 3º Ter mais fome do estudo da PALAVRA DE DEUS (não só leitura vaga e rápida), 4º Orar mais e com mais consciência, 5º Jejuar... Enfim... Buscar no próprio Deus, forças para não ser enganado e afetado pela APOSTASIA que já está às portas, pelos FALSOS PROFETAS que já estão crescendo em número, pela falta de amor a si próprio e ao próximo que permeia a humanidade e para não ser pego de surpresa pelas coisas que virão... Não esquecendo que aqui no Brasil seremos bombardeados pela mídia por causa da Copa do Mundo, das Eleições e já propagandeando as Olimpíadas... O espírito maligno do marketing atacará sem dó nem piedade as pessoas, que sentadas à frente da TV pensarão justamente estarem descansando a mente... Ledo engano... Descanse no Senhor e na força do Seu poder! Muitos vão precisar de sua ajuda neste próximo ano, diz o Senhor, se prepare para ajudar. Em um avião, as ordens são claras: coloque primeiro sua máscara de oxigênio, para DEPOIS ajudar seu companheiro de voo. Deus nos abençoe e proteja em 2014 e que principalmente possamos crescer espiritualmente para um dia com ELE reinar! Maranatha!

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

POEIRA

POEIRA Resolvi faxinar a casa. Mesmo cansada e querendo mais é aproveitar o sábado para descansar... Mas, o dever me chamava! E, QUE, dever!!!...rs Dias sem varrer e tirar o pó! Nem vou explicar os por quês – pensem o que quiserem... Cheguei enfim à idade onde não se dá mais importância à opinião alheia... Mas trabalhar fora 10 horas por dia e ser pastora e escritora nas madrugadas não é fácil não... Como dizia minha mãe: “Ninguém paga minhas contas...” Bem enfim, o motivo desde texto é a POEIRA. De onde ela vem? Como entra em casa mesmo com os vidros e portas fechadas? Para que serve?(como diria o Sérgio Chapelin) Para onde ela vai eu sei. Duas opções. Melhor três: 1- Meu nariz, iniciando a já conhecida rinite alérgica. 2- Meus pulmões, cutucando a velha asma. 3- O lixo, quando tenho a Graça de Deus para minha coluna e o tempo para limpar. Eu escolho a terceira opção e vocês? Poeira... Invisível aos nossos olhos na maior parte do tempo. Incômoda, injusta, ilegal para nossa saúde, irritante, sutil, oportunista, sádica e tudo mais. Quando se acumula nos impede de ver o brilho do dourado, a translucidez do vidro, as nuances da madeira, as coisas como elas são na realidade... Aí então você pode estar pensando... Tá. Já sei tudo sobre poeira ou quase tudo, porque este texto está longe de ser uma monografia científica sobre “pulvis esquisitus trabalhandus” que é o “nome científico” da dita cuja...rs Calma, eu volto para o texto... Lembre que além da poeira a ansiedade também faz mal a saúde... rs Pois bem, ao ver este trabalho inglório de todos os dias ter que varrer, ou melhor, passar aspirador, passar pano molhado e tirar o pó além de dar um brilhozinho nos móveis... da poeira, passei a conjeturar sobre o pecado e as tentações. Não, não ria. É muito parecido sim. As tentações estão nos espreitando dia e noite. São invisíveis, tem maior ou menor grau mas fazem o mesmo estrago em nós e aos olhos de Deus. O pecado é como a poeira que vai se acumulando em nossa alma. O inimigo é sutil, silencioso (o famoso sapatinho de algodão – lembra?) e tem mais de 2000 anos que conhece o homem e onde ele pode lançar sua “poeira” e fazê-la acumular em cada um de nós. Sabe nossas fraquezas e ataca sem dó nem piedade e nelas mesmas. Se nós deixamos a poeira satânica (pecado) acumular em nossa alma, logo vamos perdendo o brilho da Fé a translucides de uma consciência tranquila, a beleza do sorriso franco e muitas coisas mais... principalmente a paz de espírito! A poeira do pecado acumulada se transforma em um ninho de “ácaros” chamados demônios. Que sugam nossas energias nos dão falta de ar, nos deixam chegar ao ponto de confusão e desespero. Interessante que no Jardim do Édem onde tudo começou, Deus criou Adão do PÓ da terra e depois da queda Deus falou que o diabo rastejaria e comeria o pó da terra: "Porquanto fizeste isto, maldita serás mais que toda a fera, e mais que todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida." – Gênesis 3:14 Ou seja, o diabo se alimenta dos pecados do homem. Por outro lado, olhando do ponto do objeto cheio de poeira, este “objeto” empoeirado acaba por não conseguir mais “ver” Aquele que cuida dele, acaba por não poder sentir o seu amor e começa a crer na mentira do diabo diz que o próprio Senhor o esqueceu num canto para ficar empoeirado... Não foi Deus que o esqueceu, foi ele mesmo que não se cuidou dia após dia. Pois fazendo alusão de um maná novo para cada dia (Êxodo 16) todos os dias devemos nos alimentar da Palavra de Deus e orar para crescermos espiritualmente e discernirmos rapidamente quando pecamos e nos consertarmos resgatando imediatamente a comunhão com o Senhor. Pois depois da cruz do Calvário não estamos sozinhos, “Deus sabe que somos pó.” – Salmo 103:14 e “... e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.” – 1 João 2:1 Então, que Deus te abençoe e vou indo pegar minha vassoura... Não vou voar, claro! ...rs pois sou lavada e remida no sangue de JESUS! Nele, que fala comigo até no meio de uma faxina (parafraseando Caio Fábio)... Tânia Guahyba Algum dia de 2013.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

A morte é a maior corrupção da vida: mais ela vai morrer

Lidar com a morte. Olhar a pessoa morta que minutos antes estava ao seu lado, ou havia estado com você recentemente, é digno de nenhuma palavra e de todas as palavras de dor, raiva, frustração, tristeza. A morte. Uma tragédia. Impotência humana, mesmo no meio da mais alta tecnologia médica. Não dá para fugir dela. Dá para evitá-la até certo ponto, cuidando da saúde, indo a locais seguros (existe isso?), não excedendo a velocidade do veículo, mas de qualquer modo a morte é real. Ela vem. Vem a todos nós. Ela produz lágrimas na alma e no rosto. Dói no coração emocional e mesmo no peito. Ficamos pasmados, passados, aflitos, anestesiados, em crise, revoltados, extasiados. A reação depende de cada um. É preciso, então, respeitar como cada um irá lidar com a dor da perda. Uns precisam falar imediatamente, então vamos ouvir, dar um colo, um abraço, o ouvido. Outros decidem ficar quietos, em silêncio, mais isolados talvez, meditativos, vamos então respeitar isso. Pode ajudar agir assim com quem está sofrendo uma perda pela morte de um ente querido: Seja um bom ouvinte. As pessoas necessitam falar muito sobre a morte do ente querido. Quanto mais elas falarem, mais processarão a realidade. Não seja julgador dizendo que a pessoa já não mais deveria estar sofrendo pela perda. Os passos que levam para a aceitação da perda muitas vezes é mais lento do que gostaríamos que fosse. E a aceitação pode ainda demorar mesmo que a pessoa retorne ao trabalho. Cada um tem seu ritmo de lidar com este tipo de realidade dolorosa demais. Fale da pessoa que morreu. Não tenha medo de levantar o assunto da morte da pessoa pelo medo da família se sentir pior. Ao invés de dizer: “Quando ocorreu aquilo com fulano…”, diga, “Quando fulano morreu…”. Os parentes já estão se sentindo mal e pensam sobre o falecido a maior parte do tempo. Eles saberão que aquele pessoa era importante para você também e não caiu no esquecimento. E usar as palavras reais ajuda no processo de aceitação da realidade. Procure saber como vai cada membro da família. É comum acharmos que os homens estão bem, diante da morte da pessoa querida, quando eles podem não estar bem. Pergunte, demonstrando sincero interesse. Mantenha contato com a família da pessoa que morreu. Possivelmente os familiares não tomarão esta iniciativa pela queda da energia emocional. Então, você pode telefonar ou fazer uma visita. Ou pode convidá-los para tomarem uma refeição juntos. Evite as frases feitas. Seja honesto com suas próprias emoções. Talvez, ao invés de dizer: “Meus sentimentos!” e só, você pode dizer, se for uma emoção espontânea, “Que droga, não é?” Se não sabe o que dizer para a pessoa em luto, basta ficar por ali por perto, talvez dê um abraço em silêncio, coloque a mão no ombro da pessoa e dê um leve aperto, pronto. Você também pode mandar um cartão. Falar pouco neste momento é melhor do que falar demais. Veja se a pessoa enlutada necessita algo de imediato e ajude. Pode ser a necessidade de preparar uma refeição, comprar algo, atender o telefone, cuidar de crianças, fornecer uma informação, etc. Tente entender o processo de luto psicológico. Cada pessoa vive de uma forma, da sua forma, e isso é normal. Veja como pode ser: Alguns irão passar por estágios no processo de luto emocional. E podem ser: (1)negação – é a defesa da dor, a fuga da realidade, o amortecedor da angústia. Quando a pessoa vê que é real mesmo a perda e já a pode encarar, ela pode ir para outro estágio: a (2)barganha – aí ela pode fazer promessas de que se a vítima recuperar ela fará isso ou aquilo, dependendo da religião pessoal. Vendo que não adianta, ela pode entrar na (3)raiva, e se revoltar contra os médicos, hospital, alguém que ela acha que deveria ter feito algo mais, contra Deus, contra si mesmo, etc. Depois pode vir a (4)depressão, que é quando a pessoa fica com pouca energia, bem triste, calada, mais isolada, chora muito ou não. E finalmente pode chegar a (5)aceitação, estágio este em que vem a serenidade, a resignação, e a pessoa consegue voltar a raciocinar com mais clareza e decidir o que fazer com a perda dolorosa em sua vida, e com sua vida dali em diante. A morte é uma droga, é maligna, feia, intrusa. É a maior corrupção da vida. Os corruptos podem colocar em sua agenda um lembrete: “Qual dia da minha morte?” E também: “As riquezas adquiridas ilicitamente me livrarão da morte?” A morte é inimigo da vida, igual os corruptos que são inimigos do bem estar do povo. Mas ela e eles são uma realidade temporária. A morte é o último inimigo a ser destruído, já vencido. A morte será eliminada para sempre. E os corruptos irreparáveis também. Falta pouco tempo. “O último inimigo a ser destruído é a morte.”, afirma Paulo, em 1 Coríntios 15:26. Até lá precisamos de forças para viver, para encarar as perdas e não desesperar, para lutar pela democracia honesta, para aceitar que também morreremos. Depois, vem a vida para quem aceitou a Vida, e abandonou ou nunca entrou na corrupção, porque Alguém que faz o que diz, que não é corrupto, disse: “Aquele que crê em Mim, ainda que morra, viverá.” Dr. Cesar Vasconcellos de Souza Autor: Dr. Cesar Vasconcellos de Souza Dr. Cesar Vasconcellos de Souza, médico psiquiatra e psicoterapeuta, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria, membro da American Psychosomatic Society, consultor psiquiatra da revista Vida & Saúde onde mantém coluna mensal, professor de Saúde Mental, visitante, do College of Health Evangelism e "Institute of Medical Ministry" do Wildwood Lifestyle Center and Hospital, Estados Unidos, Diretor Médico do Portal Natural, autor dos livros "Casamento: o que é isso?" e "Consultório Psicológico". Leia Mais: http://www.portalnatural.com.br/saude-mental/vida-e-sentimento/a-morte-e-a-maior-corrupcao-da-vida-mais-ela-vai-morrer/#ixzz2ZQlT0Dbu

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Investir em Missões?

Este texto não é meu, mas sintetiza meu pensamento. Investir em Missões? Postado por Josiel Dias Hoje a ênfase na igreja brasileira tem sido em ministérios personalistas que giram em torno de grandes nomes, de grandes templos, de grandes placas de igrejas, grandes denominações. E há um movimento de mega-igrejas, focado em construções de templos cada vez maiores, de igrejas cada vez mais tecnológicas, mais modernas, mais confortáveis, que sequer se importam com outras igrejas irmãs que estão na igreja perseguida, em outras culturas onde cristãos morrem de fome, são perseguidos e mortos por amar a Cristo, e onde pessoas morrem sem conhecer a Cristo pois a igreja brasileira está muito preocupada consigo mesma. Muitas vezes é levado em conta a questão do custo-benefício de investir em missões. Afinal o que é “melhor” para a igreja? Contratar mais um pastor para cuidar de suas ovelhas gordas ou enviar alguém para um lugar distante para pregar para desconhecidos que não contribuirão para o crescimento de minha comunidade? Há um só Reino. Um só Senhor. Um só aprisco e um só Pastor. Não seja alguém focado apenas em sua igreja. Saiba que há muito mais que isso!!! Que Deus me ajude a buscar o Seu Reino e fazer Sua Vontade! Por Daniel Simoncelos Gospel Mais

domingo, 19 de maio de 2013

A lágrima do meu melhor amigo

A lágrima do meu melhor amigo O amor incondicional dos animais pode superar o amor do homem para com o seu próximo? Eles podem ser pequenos ou grandes, magros ou gordinhos, alguns até cabem na palma da mão, já outros é impossível de aconchegar no colo. Dependendo da raça, até chegam a ser temidos pelas pessoas, mas uma coisa todos têm em comum: o amor incondicional pelo seu dono. Ainda quando pequenos, gostam de fazer arte. Um descuido e lá se vão os belos sapatos, destruídos por aqueles dentinhos afiados. Os pelos espalhados pela casa... Sem falar no pé da cama todo ruído. Geralmente não gostam de ficar sozinhos, dão um pouco de trabalho, mas um trabalho que é recompensado pelo seu total carinho. Sim, o cão é considerado o melhor amigo do homem. Alguns são tratados como filhos e, como já dizia o poeta Vinicius de Moraes, "Filhos... Filhos? Melhor não tê-los. Mas, se não os temos, como sabê-los?" Esses animais enchem a casa de alegria e vida e sempre dão mais sentido à existência do homem. Despertam ternura, ocupam o tempo, e sempre acabam arrancando risadas e carinho de seus donos. Recentemente, uma cena gravada na Califórnia, Estados Unidos, mostrou o quanto o amor dos animais é grande. O cão Wiley, da raça husky siberiano, chorou desoladamente sobre a tumba de Gladys, sua dona recém-falecida. Segundo o porta-voz do Lockwood Animal Rescue Center (LARC), no território californiano de Ventura, Wiley é "um acompanhante especialmente capacitado". Os cães siberianos ajudam veteranos de guerra a lidar com o estresse. "Essa é uma experiência única", declarou o porta-voz do LARC, em relação ao comportamento de Wiley. Uma cena triste e comovente como essa nos leva a pensar se todos os seres humanos sentem o mesmo amor incondicional pelo próximo. Na verdade, a resposta já foi dada pelo próprio Senhor Jesus: "Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros; levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos." Mateus 24:10-12 O que você tem feito pelo seu próximo? Quando vê alguém sofrendo ou passando por dificuldades consegue estender sua mão para erguê-lo? Será que a ternura de um animal é capaz de superar o seu amor? "Porque toda a lei se cumpre em um só preceito, a saber: Amarás o teu próximo como a ti mesmo." Gálatas 5:14 Por Sabrina Marques / Fotos: Thinkstock e Reprodução redacao@arcauniversal.com

sexta-feira, 8 de março de 2013

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

MULHERES III "Porque, como a mulher provém do homem, assim também o homem provém da mulher, mas tudo vem de Deus." (1Corintios 11:12) Um dos maiores erros que um ser humano pode cometer é tentar tirar de Deus aquilo que lhe é devido, no sentido que for. Pode ser algo explícito e severo, como dizer que Deus não existe e que o universo foi criado por forças alheias a Ele. Também pode ser algo mais filosófico como questionar se Deus é único ou se há outros deuses. E também pode ser algo sutil e meio disfarçado como dizer que o ser humano se reproduz apenas por força da natureza. Este versículo nos diz claramente algo que já sabemos, o homem vem da mulher tanto quanto a mulher vem do homem. Para mim, em termos de importância biológica, este versículo coloca ambos em pé de equilíbrio, tanto homens como mulheres. Quero me ater especificamente ao papel da mulher. Precisamos parar de encarar as mulheres como incubadoras. Vivemos dias difíceis, de uma sociedade corrompida e pressionada a abandonar os valores que a Biblia ensina. Não está fácil ser um homem de Deus em santidade, mas da mesma maneira está difícil ser uma mulher santa. Uma mulher que, nessa geração, neste tempo, preserva sua feminilidade sem ser indecente, que cuida de seus recursos sem menosprezar seu marido, que apascenta seus filhos, que trabalha e que batalha pelo Reino de Deus... Vou ser muito sincero, uma mulher assim tem mais do que meu respeito - tem minha admiração. Para a glória de Deus eu conheço algumas assim, que bom que não é utopia nem ilusão. Tudo e todos somos obras da mão de Deus. Mulheres valorozas são tão valorozas quanto homens de valor. Estou impressionado com a capacidade que algumas mulheres têm de orar. Outras de tomar conta de seus filhos em sujeição a maridos que realmente não as merecem. Estas mulheres têm um galardão reservado para si no dia de Cristo, talvez até de maneira mais honrosa que alguns líderes que conheço. Não é o título que vai colocar nenhum de nós em lugar nenhum no Reino de Deus, mas sim a santidade, a fé, o empenho pelo Reino e outros valores espirituais. Neste sentido, não imagino razão alguma para pensar que estarei, por assim dizer, "melhor cotado" do que qualquer outra pessoa, seja homem ou mulher. "Senhor, quero aprender a valorizar a Tua obra através da vida de tantas mulheres que o Senhor tem escolhido ao redor da Terra. Obrigado pela vida delas." Mário Fernandez Deixe o seu comentário no site: http://www.ichtus.com.br/dev/2013/03/07/mulheres-iii/

quarta-feira, 6 de março de 2013

TRANSPARÊNCIA

"Porque nada há encoberto que não haja de ser manifesto; e nada se faz para ficar oculto, mas para ser descoberto." Marcos 4:22 Sem muitas delongas, aviso aos navegantes que por aqui aparecem que os comentários sem identificação do autor, tidos como ANÔNIMO, OCULTO, DESCONHECIDO E AFINS serão DELETADOS! Creio que quem se esconde, não merece ser citado, ok? Jesus não fazia NADA em oculto ou no anonimato e eu vou continuar crendo e seguindo só a ELE. Soli Deo Glória! PS: Este versículo é pleno de verdade para quem tem o Espírito Santo habitando dentro de si, mais dia menos dia, a verdade sempre aparece. Eu já até sei quem é vc, "anônimo". Deus te abençoe!

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

TEMPO EXTENDIDO...

Há mais ou menos 40 anos, minha irmã na época era noiva de um rapaz (com o qual se casou depois), cuja irmã era física nuclear (família super inteligente e culta) nos Estados Unidos e depois aqui no Brasil. Lembro bem que já naquela época, ela e seu marido, também físico nuclear, diziam que a terra estava saindo de seu eixo “n” milímetros por “n” tempo (desculpem, os valores eu não lembro – gravei o significado), o que significava que o tempo estaria diminuindo aos poucos... Depois disto, muitos terremotos, tsunamis, vulcões em erupção, tempestades solares, testes nucleares, guerras e seus mísseis caindo na terra, vem abalando a estrutura terrestre cada vez mais... e eu ficando mais velha... rs. Abre parênteses. Outro dia entrei em uma biblioteca (me sentindo o “Nemo” quando foi para o Oceano) e comecei a ver os livros...” Este já li, este já li, este também... Puxa! Quantos livros eu já li, fora aqueles que não estou vendo!?” Comecei a meditar na velhice (que ainda não estou) e o cabedal de informações e sabedoria que os livros nos dá (Obrigada, mamãe, por me passar este vício, quer dizer, amor pelos livros)... Pra quê, se ninguém nos escuta mais? Cada um em direção à sua própria experiência para transformar em “sabedoria”... Sendo que inteligência é aprender com os próprios erros e sabedoria é aprender com os erros dos outros – para isto os livros... Foi então que decidi voltar a escrever em meus Blogs, quem sabe alguém leia e goste e mude e cresça, ou critique para que EU cresça mais ainda?! Fecha parênteses. Voltando ao tema! Estas lembranças me fazem pensar o que está acontecendo com o tempo hoje... Quando olhamos para o relógio já é meio-dia, quando assustamos já é meia-noite... E não fizemos METADE do que planejamos ou precisávamos... E hoje temos carros super-rápidos, muuuuitos ônibus, metrô, taxi (luxo quando eu era pequena), máquinas de: lavar, secar, passar a vapor. Temos micro-ondas, empregadas (alguns), jardineiros, cozinheiros, arrumadeiras, passadeiras (outros alguns). Internet para não precisar ir ao supermercado, nem aos correios, nem aos bancos, nem... Não, o dia não tem mais vinte e quatro horas! Mas sim, o relógio continua a marcar hora por hora... Isto é um mistério que só Deus poderia realizar como Jesus disse que faria: "E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias." - Mateus 24:22 Geralmente o que os cientistas descobrem, ou DEUS QUEM FEZ. Jesus falou esta frase há mais de 2000 anos. Há 40 descobriram sobre o eixo da terra se deslocando e outras “cocitas más”. Fico imaginando os cientistas: “Oh! Olha o que eu descobri!” Os paleontólogos: “Olha como eram!” Os biólogos (homenagem a minha filha bióloga): “Vejam um organismo novo!” Como crianças em um playground ou piscina de areia... e Deus lá em cima (ou do lado deles mesmo) dizendo: ”Achou! Rs... fui Eu em quem fez! Brincadeiras a parte, o homem é taxi... Tá que si acha (desculpem, não resisti...rs). O homem pensa que sabe tudo e tudo sabe e em alguns casos até ousa desafiar a Deus, ou mesmo dizer que Ele não existe. Todo homem deveria ser mais humilde. É só lembrar que TUDO que ele sabe, ou aprendeu de alguém ou leu em algum livro. Mesmo os grandes pensadores antigos, suas ideias (BOAS) não vieram de si mesmo, de suas elucubrações ou pensamentos, mas vieram de Deus que sempre quis que Seus filhos crescessem e fizessem outros crescer também. Voltando ao tema, de novo, Deus deixou ao homem um manual de instruções. A Bíblia. Nela nos são apresentados os planos de Deus para o homem antes da queda, e os novos planos de Deus para depois da queda. É-nos apresentado Jesus como ÚNICO salvador da humanidade. Mas também a justiça de Deus para aqueles que “não entram pela porta estrita e não deixam os outros entrarem”. Deus é bom? Claro, sim, sem dúvida alguma. Entre tantas provas de amor, a maior delas foi deixar Seu único Filho morrer por uma humanidade tão desumanizada pelo pecado, é que Ele estendeu o tempo do juízo (e todas suas dores e horrores) para que os que estão na dúvida, os que estão enganados, os que estão cegos com as luzes da ribalta, AINDA tenham tempo para o arrependimento, mudança e compromisso. Este texto, creio que já está há uns dois anos na cabeça (hoje é o parto, rs). A imagem que o Espírito Santo me dava era “Extended Time”, como nos brinquedos de “fliperama”, onde você ganha mais um pouco de tempo para, talvez, ganhar o jogo todo. Não que Deus esteja jogando conosco, já aviso os ateus de plantão! Mas era uma metáfora do texto que Ele queria que eu escrevesse. TEMPO EXTENDIDO! Para mim, depois da morte e ressurreição de Jesus é uma das maiores provas de amor (“and” paciência) de Deus para nós, mortais. Enquanto isto... "Continue o injusto a praticar injustiça; continue o imundo na imundícia; continue o justo a praticar justiça; e continue o santo a santificar-se." - Apocalipse 22:11 Soli Deo Glória Tânia Guahyba